Como os bebês percebem a realidade (Réplica a Tiago)


Tiago: Todo homem tem apreensão primordial de realidade. Tudo ele apreende como realidade. (…) Até o feto apreende a realidade.

————————

Sim, Tiago, mas cabe justamente saber como cada um de nós apreende a realidade e qual o papel de nossas experiências pessoais nesse processo.

Certamente podemos dizer que, num certo sentido, até mesmo um feto possui uma “apreensão da realidade”, mas — sem seu corpo e funções biológicas inteiramente formados — torna-se um exercício de difícil abstração saber o que se passa em seu incipiente cérebro.

Nesse caso, prefere-se em geral falar mais sobre (i.e., descrever) as etapas de seu desenvolvimento físico — desenvolvimento dos órgãos, funções cerebrais, etc — do que em uma “apreensão da realidade” propriamente dita, algo que parece envolver uma auto-consciência e, portanto, um (maior) domínio da linguagem.

Mesmo para um bebê recém-nascido, falar em uma “apreensão da realidade” parece ser um pouco “forçado”, porque também ele ainda não tem a possibilidade de formar uma “visão de conjunto”. Aqui também, parece mais apropriado falar sobre o que pode perceber um bebê, como seus sentidos se desenvolvem e contribuem para sua capacidade de aprendizado.

Naturalmente, em se tratando de um bebê, que já interage com outros seres humanos, podemos dar mais sentido à idéia de uma “apreensão da realidade”, embora em seus estágios iniciais de formação. Nesse caso, por exemplo, poderíamos tentar justamente descrever essa interação com os pais ou educadores, como se formam seus laços afetivos e suas respostas às crescentes demandas do ambiente.

Em todo caso, o que vale destacar é que a “apreensão da realidade” de cada um  vai ser um resultado de como nossos corpos biológicos interagem com o corpo social.

Ou, em outras palavras, o modo como apreendemos a realidade vai depender intimamente de como interagimos com o mundo, que nada mais é do que o modo como tentamos conseguir o que queremos (e evitar o que não queremos), bem como as estratégias que desenvolvemos para tanto.

TO BE CONTINUED…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s